Estrelas e amigos, ou amigos e estrelas, sei lá…

Este ano a minha turma de Faculdade completa 30 anos de formados, embora não tivesse noticias das pessoas, guardava uma relação de nomes, endereços e telefones, já defasados.

Unindo esforços com uma amiga de classe e seu irmão, com os quais mantive ligação estreita todos estes anos, conseguimos organizar um primeiro encontro no semestre passado.

Foi emocionante rever as pessoas, é como se o tempo não tivesse passado, embora as marcas estivessem em cada rosto ou corpo.

O mais interessante é que a essência de cada um permaneceu a mesma, e lembrei-me da frase de uma médica com a qual compartilhei palestras de aposentadoria, que era assim: “nós envelhecemos como vivemos”.

Parecia que o elo que nos uniu para uma formação acadêmica permanecia o mesmo, embora cada um tenha seguido o seu caminho e destino.

Foi curioso lembrar inclusive dos ausentes que não conseguimos localizar, mas como que tentando achar uma linha que pudesse fazê-los presente, ou talvez que quem sabe trazê-los para o próximo encontro.

Uma de nossas colegas reside em outro país, recentemente consegui contato com ela, como iria passar uma semana com minha filha numa cidade próxima de onde está, ficamos de nos encontrar.

Novamente fui tomada pela emoção, revivemos cada momento como se o tempo não tivesse passado, ela com seu marido e filhos e eu com minha filha, foi uma troca calorosa.

Ao retornar compartilhei com os demais colegas a minha gratificante experiência, o curioso é que nos comentários é como se as pessoas tivessem estado comigo nesse encontro, com a mesma emoção que vivi.

O fato é que vivemos praticamente cinco anos juntos (alguns menos), era um momento de nossa juventude e consolidação de nossa identidade profissional, até mesmo para aqueles que optaram em não atuar na área.

“A amizade é como as estrelas. Não às vemos toda hora, mais sabemos que existem” (Marina de Almeida Camargo)

É assim que sinto, mesmo depois da trajetória de todos esses anos, esses reencontros nada mais são do que a revelação das estrelas que permanecem iluminando o nosso espírito pela vida toda, mesmo que não as vemos.

Beijos carinhosos a todos que tem vivido como estrelas em minha vida.

Natalia Marques Antunes – Psicóloga Clínica, Consultora em Saúde Organizacional com Formação em Coaching (Life Self – Sistema ISOR)




Notice: Undefined variable: versao in /home/natalia/web/nataliamantunes.com.br/public_html/classes/Funcao.class.php(242) : eval()'d code on line 47

Notice: Undefined variable: versao in /home/natalia/web/nataliamantunes.com.br/public_html/classes/Funcao.class.php(242) : eval()'d code on line 48

Notice: Undefined variable: nav_min in /home/natalia/web/nataliamantunes.com.br/public_html/classes/Funcao.class.php(242) : eval()'d code on line 49

Notice: Undefined variable: nav_min in /home/natalia/web/nataliamantunes.com.br/public_html/classes/Funcao.class.php(242) : eval()'d code on line 49

Notice: Undefined variable: versao in /home/natalia/web/nataliamantunes.com.br/public_html/classes/Funcao.class.php(242) : eval()'d code on line 49

Notice: Undefined variable: versao in /home/natalia/web/nataliamantunes.com.br/public_html/classes/Funcao.class.php(242) : eval()'d code on line 49

Notice: Undefined offset: 0 in /home/natalia/web/nataliamantunes.com.br/public_html/classes/Funcao.class.php(242) : eval()'d code on line 66

Notice: Undefined variable: msg2 in /home/natalia/web/nataliamantunes.com.br/public_html/classes/Funcao.class.php(242) : eval()'d code on line 96
O seu navegador não é recomendado para uma boa navegação neste site.
Para uma melhor visualização do site atualize-o ou escolha outro navegador.
Saiba mais...
Google ChromeMozilla FirefoxApple SafariOpera